Feedback Feedback

LATAM TRADE - Portal Exclusivo para Agentes de Viagem

Politicas

14/09/2023

PROTEÇÃO A PASSAGEIROS - Definição de validade do bilhete em alterações involuntárias

Descrição

Para melhorar as informações fornecidas sobre alterações involuntárias, adiciona-se a informação sobre a  validade do bilhete ao fornecer soluções de viagens.

Escopo:

Validade do bilhete em alterações involuntárias

Data de implementação:

Imediata.

Considerações: 

A seguinte definição de validade do bilhete é adicionada ao capítulo sobre alterações involuntárias:

 

Validade da passagem: O passageiro pode solicitar qualquer voo respeitando a validade da passagem:

·       Sem viagem iniciada: 12 meses a partir do 1º voo para escolha de novos voos de acordo com a disponibilidade do sistema.

·       Com a viagem iniciada: 12 meses a partir do 1º voo para completar a viagem.

 

Excepcionalmente, a validade do bilhete poderá ser excedida quando, ao realizar a reemissão, não houver voo alternativo para transportá-lo ao seu destino original e desde que a reacomodação no novo voo gere o menor atraso possível em relação à data original da viagem.

 

Para acessar esta extensão, a agência deverá solicitar waiver entrando em contato com o Suporte de Vendas. Com o waiver inserido, o bilhete poderá ser reemitido involuntariamente.

 

Exemplo: se o passageiro ainda não iniciou o voo e tem voo para 21/10/23, a validade do bilhete termina dia 21/10/24. Se não houver alternativa de viagem (com a LATAM ou com qualquer operadora conveniada) até 21 de outubro de 2024, o cliente poderá receber a próxima opção de voo disponível após 21 de outubro de 2024 gere o menor atraso possível em relação à data original da viagem.

 

Com essa definição, esperamos reduzir dúvidas e erros na entrega de soluções de viagens.

Seção:

Vendas - Proteção a Passageiros