Feedback Feedback

LATAM TRADE

Vendas | Codeshare

    Codeshare ou código compartilhado é um acordo entre companhias aéreas que permite atribuir um número de voo de uma companhia em voos operados por outras. Dessa forma ambas companhias podem cobrir mais destinos e frequências melhorando o serviço de seus passageiros.

    Uma distinção deve ser feita entre a companhia operadora (operating carrier) e a companhia de marketing (marketing carrier).

    • Operating: companhia que vende e opera um voo
    • Marketing: companhia que vende sem operar o avião. 

    É necessário informar aos passageiros a companhia que opera o voo. 

    Os Codeshare que atualmente possui a LATAM são:

     

    Codeshares

    LATAM (LA, XL)

    LATAM Airlines Brasil

    NOVO: Aeromexico (AM)

    NOVO: Aeromexico (AM)

    Alaska Airlines (AS)

    Azul (AD)*

    Azul (AD)*

    British Airways (BA)

    Delta Air Lines

    China Eastern Airlines (MU)

    British Airways (BA)

    Iberia (IB)

    Cathay Pacific (CX)

    Interjet (4O)

    China Eastern Airlines (MU)

    Japan Airlines (JL)

    Qantas (QF)

    Lufthansa (LH)

    Iberia (IB)

    Passaredo (2Z)

    Korean Airlines (KE)

    South African Airways (SA)

    Japan Airlines (JL)

    Swiss (LX)

    Interjet (4O)

    US Airways

    Jetstar Airways (JQ)

    Westjet (WS)

    Vueling (VY)

    Vueling (VY)

     

    * Placa 045 e 957.

     

     

    • A reserva e a emissão sobre as placas da LATAM devem ser realizadas nos voos marketing publicados pela LATAM.
    • Não aplica para as reservas de grupos em voos codeshare.
    • Para perguntas sobre os serviços especiais, por favor, entre em contato com um executivo de suporte de agências.
    • AZUL (AD): NÃO serão permitidas emissões e reemissões (involuntárias ou voluntárias) em voos puro AD. Isto é, todas as emissões e  reemissões deverão ser realizadas em voos LA*. A proteção em voos AD puro, será permitida somente nas lojas dos aeroportos e dentro da janela operacional.
    • Exceções a serem consideradas com a Interjet (4O):
      • Não está permitida a emissão direta com o operador. As tarifas LA para este codeshare estarão disponíveis para as viagens de/para Santiago (SCL) e Lima (LIM) que se conectam com a Cidade de México com os voos LA ** operados por 4O para as rotas domésticas do México.

    Deve ser feita a reserva dos assentos em um voo codeshare marketing da LATAM sempre que for solicitada por um passageiro.

    Somente quando houver limitações no sistema para realizar a pré reserva do assento em qualquer cabine (exemplo: assento é solicitado, mas não é confirmado), é necessário indicar que o passageiro deve realizar a reserva dos assentos diretamente através do operador quando fizer o check-in do seu voo no aeroporto.

     

    Importante: Não está disponível a venda de assentos e outros ancillaries sobre os voos codeshare.

    • Bagagem na Cabine: Aplica-se de acordo com a política do operador.
    • Bagagem no Porão do Avião: Aplica-se de acordo com a política de franquia de bagagem entre linhas, ou seja, aplica-se a franquia do carrier mais relevantes do itinerário (Most Significant Carrier, MSC) e se o MSC for de um voo Codeshare, aplica-se a política de bagagem do marketing carrier. Para mais detalhes, verifique o capítulo de bagagens.
    • Para o codeshare entre a LATAM Airlines Brasil e o Passaredo, se o Passaredo é o operador, aplica-se a franquia do Passaredo.
    • Para viagens entre companhias aéreas onde a origem ou ponto mais distante seja um local dos EUA ou CANADÁ: os carriers aplicarão um único conjunto de regras de bagagem (franquia, taxa por excesso, etc.) para TODO o itinerário, sem importar o stopover.

    O marketing carrier apresentado no primeiro cupom de voo (Selecting Carrier) terá direito a escolher as normas de bagagem que serão aplicadas para TODO o itinerário entre as seguintes opções: 

    a)  Suas próprias regras de bagagem ou; 

    b) As regras com base no MSC do itinerário de acordo com o estabelecido na Resolução IATA 302 

    A opção escolhida por cada companhia aérea se reflete automaticamente na passagem. O agente de viagens visualiza no momento de tarifar antes de salvar o PQ.

    A informação sobre bagagem (franquia de bagagem despachada, taxas por excesso, bagagem de mão, etc.) deve estar incluída nas tarifas publicadas por cada companhia e acessíveis ao passageiro através dos comprovantes de venda e processos de compra web.  

    • O check-in deve ser realizado diretamente com o voo do operador.