Feedback Feedback

LATAM TRADE

Passageiros Especiais | Infante (INF)

    Este capítulo possui informações relativas a reservas, tarifas e emissão de Infantes (INF) corresponde a:

    Tipo de passageiro

    Definição

    Infante

    Toda e qualquer pessoa com até 2 anos de idade.

    Criança(CHD)

    Toda e qualquer pessoa com até 12 anos de idade. Viajando sem a companhia de um maior de 18 anos é considerado Menor Desacompanhado.

    Adolescente

    Qualquer pessoa entre 12 e até antes de fazer 18 anos. Adolescente emancipado é considerado como adulto.

    Consideracoes sobre doble descuento

    O desconto duplo a passageiros menores em reservas individuais não está permitido.

    Quando se queira aplicar descontos negociados a reservas individuais (ex.: one deal associados a tour code), os mesmos não poderão ser adicionados aos descontos por tipos de passageiro (CHD/INF). Ou seja, deve-se optar por uma única condição de desconto na emissão. Por tanto:

    • No caso de desconto negociado (ex.: one deal), a emissão irá associada a tour code e os passageiros menores devem ser emitidos aplicando o desconto do passageiro adulto, conservando o código INF junto ao nome no ticket. 
    • No caso de emissão com duplo desconto, isto será penalizado cobrando a diferença da tarifa pública aplicável no trecho segundo o tipo de passageiro, mais a taxa administrativa associada à emissão do ADM nos mercados que aplique dita taxa.Exceções a esta definição serão amparadas sempre que trate-se de tarifação automática. 

    Nota: Independente que sejam usadas tarifas de ADT na reserva, o passageiro menor deve estar identificado como INF para cumprir com os protocolos de segurança e aeroporto.

    Definição

    São considerados Infantes as crianças com até 2 anos incompletos no momento de viagem.

    Considerações Gerais

    • É obrigatório solicitar a data de nascimento e idade do infante na hora de gerar a reserva.
    • Infantes que façam 2 anos no dia da viagem devem viajar com assento marcado nos voos  LATAM e combinações com outras linhas aéreas. O passageiro terá duas opções.
      • Que o menor viaje como passageiro CHD (ida /volta).
      • Que o menor viaje como INF na ida (bilhete OW) e para a volta como CHD.
    • [NOVO]: A fim de dar visibilidade ao nível dos PNR’s quando são detectados Tkt INF desassociados ou não emitidos, será inserida nos PNR’s nestas condições, a seguinte mensagem de alerta: PLS ADV REISSUE INF TKT BEFORE CHECKIN. Reservas nestas condições devem ser regularizadas. 
    • Infantes menores de 7 dias devem apresentar Certificação Médica para viajar.
    • Os infantes devem viajar sempre acompanhados de um adulto (maior de 18 anos) ou adolescente emancipado. Se estiver viajando com um dos pais, o mesmo pode ser menor de 18 anos. Existem algumas exceções. É recomendado revisar qualquer restrição diretamente com a autoridade do país de origem e destino da viagem.
    • Se um adulto responsável pelo infante pedir algum serviço especial, deve-se considerar que o adulto responsável seja capaz de:
      • Compreender ou responder às instruções de segurança.
      • Ser capaz de ajudar a si próprio no caso de evacuação do avião.
      • Atender suas próprias necessidades fisiológicas (alimentação e higiene).
      • A alimentação dos infantes é responsabilidade do passageiro responsável pelo infante.
    • A emissão de bilhetes do Infante (INF), após a emissão do bilhete do passageiro adulto responsável, deve ser solicitada diretamente à LATAM.

     

    A tarifa a ser aplicada em emissões de infantes (sem assento designado) viajando com um adulto já emitido será de acordo com o seguinte:

    • Em uma nova reserva, é necessário emitir a tarifa INF na mesma classe em que foi emitido o ADT.
    • Se não há disponibilidade de classe no mesmo voo, é necessário emitir o INF em outra data mantendo a mesma rota (o número de voo pode ser diferente).
    • Caso não esteja disponível a mesma classe no voo original do ADT ou em nenhum outro voo, será possível emitir na classe mais baixa da mesma cabine o passageiro INF (para os mesmos voos e datas originais). 

    Em todos os casos, será necessário marcar o campo Endossos/restrições com a anotação: INF DIFF ADVP. Se a nova emissão INF na tarifa equivalente ao ADT não cumpre com o AP, poderá forçar a emissão manual para ignorar o ADVP. 

    Uma vez emitida, a reserva do INF deve ser cancelada e se acrescentará na reserva original do adulto um SR CKIN com o número de ticket do INF e é preciso anular a nova reserva criada. 

    Ex: SR CKIN - INF (nome do inf) TKT 957-9876543210 ACCOMPANY ADT  

    Lembramos que para emissão de INF em trechos domésticos no Brasil com ADT já emitido não há trocas, ou seja, não há cobrança de tarifa nem taxa por serviço. 

    Toda reserva de INF viajando como CHD deve ter um SSR CKIN obrigatório com a data de nascimento e idade do menor e um texto indicando que trata-se de um INF como CHD. Ex.: INF 10 MONTHS TRAVELING AS CHD DOB10FEB2017.

    Os INF que viajarem com assento devem pagar tarifa CHD e ser colocados em algum dos seguintes dispositivos:

    - CRS (Child Restrain System): Cadeira de bebê.

    - A LATAM Airlines Brasil entrega 1 CRS por avião. Caso este esteja ocupado, o passageiro deve utilizar seu próprio CRS. Para os demais mercados o equipamento deve ser sempre entregue pelo passageiro.

    - CARES (Child Aviation Restraint System): Este dispositivo consiste em um arnês que se instala ao redor do encosto do banco e é protegido com cinto de segurança para fornecer retenção para a parte superior do corpo da criança.

    O CARES deve ser fornecido pelo passageiro. 

    Para utilização destes equipamentos deve ser considerado:

     

    Dispositivo

    Considerações

    Arnês

      Infantes com peso entre 10 e 20 kg.

      Somente pode ser utilizado em cabine Economy e Premium Economy.

    Cadeira

     Deve conter a descrição em inglês do fabricante: "This restraint is certified for use in motor vehicles and aircraft"(Este dispositivo está

    certificado para ser usado em carros e aviões) ou aprovado pela FAA exclusivamente para uso aeronáutico

    É obrigatório avisar aos passageiros que devem utilizar algum destes dispositivos e deve ficar registrado na reserva em um OSI PSGR WAS ADV ABOUT CRS SEAT FOR INF.

    • Não é permitido alocar em saídas de emergências, nem na anterior ou posterior.  
    • Caso utilize CRS (Child Restraint System) a bordo:  
      • Se for atendido no bloco lateral, alocar na janela.  
      • Se for atendido no bolo central (entre dois corredores), alocar no assento do meio.  
      • Nunca alocar no corredor.  
    • Alocar em assento que possua máscara de oxigênio adicional. Nossos aviões possuem 1 máscara de oxigênio adicional por cada bloco de assento. 

     

    ATENÇÃO: B767 somente possui máscara adicional na:

     

    • Cabine Premium: primeira fileira e assentos dos blocos centrais.
    • Cabine Economy: primeira fileira e assentos dos blocos centrais.

    Sabre restringe a alocação de infante por cada bloco de assento de acordo com a quantidade de máscaras de oxigênio disponível. 

     

    Airbelt: é um cinto de segurança que possui “airbag” em uma das correias do cinto, a qual é ativada no caso de um impacto, e pode representar um risco para certos passageiros.

    Assentos com airbelt não podem se marcar em:

     

    Materiais de voos

    Assentos restringidos

    Passageiros

    Airbus 319 / 320 / 321

    Primeira fila

     

    · Adultos que viajem com crianças nos braços.

     

    · Menores com assento assignado que utilizem um Child Aviation Restraint (CARES), que é fornecido pelo passageiro.

     

    · Somente em aviões operados por LATAM Airlines Brasil / LATAM Airlines Paraguai também fica restringido o uso de CRS (Child Restraint System) cadeirinha de bebê

    B787 - 8

    36AC-36JL (assentos para descanso de tripulação em algumas rotas).

    B787 - 9

    43AC-43JL (assentos para descanso de tripulação em algumas rotas).

     

     

    • O desconto a ser aplicado varia dependendo do trecho e é refletido no regulamento tarifário. Quando houver desconto de INF, não terão direito a assento.
    • Se a tarifa comprada não tiver desconto para INF deve ser vendida como CHD marcando assento ao INF, sem exceção.
    • As tarifas INF são aplicadas apenas enquanto o pax mantiver sua condição de INF. Se em algum segmento do itinerário tornar-se CHD deverá ser aplicada a tarifa de CHD.
    • Para INF viajando em uma direção da viagem deve ser aplicada a tarifa OW disponível para o par de pontos onde aplica-se o desconto INF.
    • Está permitido até 2 infantes por cada adulto porém apenas um deles tem direito ao  desconto INF. O outro passageiro INF irá viajar com assento marcado e deve pagar tarifa CHD. Se o trecho e a família não permitirem desconto CHD, a tarifa adulto deve ser aplicada. A reserva deve ser gerada com o ticket designator CHD e marcar assento.
    • Infantes viajando em cabine Premium Business e Premium Economy não tem desconto, devem pagar tarifa adulto. Deve ser reservado como CHD e marcar assentos.